Blog

Fique por dentro do mundo das Tecnologias Inteligentes!

Smartband TCD1 x Smartband HR1: qual a diferença e recomendação de uso

Descubra as diferenças entre a HR1 e a primeira pulseira inteligente da OnMe, a TCD1.

Entre as novas tecnologias que vêm surgindo mais e mais para facilitar o dia a dia, aquelas chamadas de wearable estão entre as que caíram no gosto do público e vieram para ficar. São dispositivos que você ‘veste’ no corpo e, assim, podem coletar dados e ajudar em pequenas tarefas, principalmente para a prática de exercícios. Como as chamadas pulseiras inteligentes.

Pensando nesse mercado sempre em expansão, a OnMe já havia lançado a Smartband TCD1 com sucesso. E agora, com o foco em um público mais avançado e que aproveita ainda mais as vantagens tecnológicas para treinar e trabalhar melhor, chegou a vez da Smartband HR1. E embora a princípio, e para os mais inexperientes, as duas pulseiras pareçam semelhantes, existem uma grande diferença entre elas. Veja.

A diferença entre a TCD1 e a HR1

A maior diferença de uma para outra é que a HR1 atende um público mais avançado na prática de exercícios físicos.

Isso, porque ela possui a funcionalidade do frequencímetro, que mede a frequência de batimentos cardíacos da pessoa que está usando a pulseira.

A Smartband TCD1 não conta com essa função, e por isso acaba sendo mais voltada a esportista iniciantes e amadores, que ainda não precisam medir isso. Basta contar as calorias, a distância percorrida, os passos dados… e monitorar o treinamento com informações do tipo já é suficiente.

Com a HR1, ficar de olho nos batimentos cardíacos se torna muito fácil e prático.

O número de contagem aparece no visor, e mesmo ao longo do exercício o usuário consegue consultar com rapidez logo ali no pulso. E isso é de grande ajuda nos mais variados aspectos do treinamento e da rotina em geral.

hr1-smartband-com-batimentos-cardiacos

Na rotina também, aliás, justamente por ser algo que muita gente, mesmo quem não faz atividades físicas, pode achar útil. Afinal, não são poucas as pessoas hipertensas, cardíacas ou tem qualquer tipo de condição de saúde no coração. Sempre vale a pena poder consultar seus batimentos para garantir que está dentro do que é indicado pelos médicos. Então, é realmente uma verdadeira auxiliar também para esse público.

A recomendação de uso das SmartBands OnMe

TCD1-onmeDefinitivamente, a SmartBand TCD1 é sempre mais indicada para aqueles que são iniciantes. Quem ainda pratica esportes de maneira moderada, ou são e pretendem continuar sendo amadores. É perfeita para quem está iniciando nas atividades físicas para emagrecer ou para deixar o sedentarismo de lado, sem se preocupar realmente em monitorar os dados dos exercícios. Nesses casos, sem dúvida já bastam as funcionalidades de contar distância e contar calorias, por exemplo. Qualquer um consegue avaliar seu desempenho e manter a motivação em dia com isso, sabendo que está gastando energia e que está caminhando ou correndo mais, por exemplo.

Já a Smartband HR1 surgiu agora pensando nas necessidades de um público mais avançado. Graças ao frequencímetro, ela é perfeita para aqueles que desejam melhorar cada vez mais, correndo com ritmo maior. Assim, é possível planejar os treinos – de preferência com a ajuda de um profissional da área, é claro – para trabalhar de acordo com os batimentos e ganhar muito em performance com o passar das semanas e ter o fôlego aumentado.

A HR1 também é a pulseira inteligente ideal para quem gosta de praticar os exercícios chamados de HIIT – treinamento intervalado de alta intensidade, em inglês. Com a ajuda do frequencímetro, fica muito fácil medir os batimentos para determinar o ritmo e conseguir treinar dessa maneira sem erros.

Pulseiras que facilitam o dia a dia

Tanto a TCD1 quanto a HR1 foram pensadas para facilitar o dia a dia do usuário. Principalmente aqueles que praticam atividades físicas.

Não importa se a pessoa é iniciante ou experiente, amadora ou profissional – sempre há uma utilidade que torna os treinos mais práticos.

Não é por acaso que, cada vez mais, o monitoramento de dados em tempo real é usado como forma de aumentar o desempenho.

Personal trainers e educadores físicos do mundo todo já sabem que é a melhor maneira de realmente atingir os objetivos. Tenha a sua também!

Leia também:

Deixe uma resposta

Scroll to top